segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Projeto Rondon



Denominada “Operação Tocantins”, universitários e professores de oito estados brasileiros que fazem parte do Projeto Rondon atuam até o dia 02 de fevereiro 6 municípios da  Regional de Ensino de Paraíso. A cerimônia de abertura acontece nesta segunda dia 23 nas escolas contempladas pelo projeto. Idealizado pelo Ministério da Defesa, o Projeto Rondon é uma ação que conta com diversas parcerias como de instituições de ensino superior públicas e privadas, e do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que dará suporte às equipes nos municípios durante a ação.   Na Regional são seis municípios adeptos ao projeto: Marianópolis, Pium, Nova Rosalândia, Cristalândia, Divinópolis e Barrolândia. 


Formado por 320 rondonistas, as equipes foram divididas em grupos de dez pessoas, no qual foram destinados dois grupos para cada município contemplado, de duas universidades distintas. Durante os dias que estarão nos municípios, as equipes  realizarão palestras e oficinas sobre diversas áreas como saúde, lazer, esporte, educação, meio ambiente, trabalho, comunicação, direitos humanos e justiça. Para a área da educação, a Operação Tocantins prevê capacitações de educadores do ensino fundamental e médio sobre técnicas de ensino e aprendizagem, motivação, relacionamento interpessoal, distúrbios de aprendizagem e educação inclusiva. Os rondonistas trabalharão com moradores dos municípios que são chamados de multiplicadores, estes desenvolverão com as comunidades todos os projetos e conhecimentos aprendidos ao longo da operação, o que trará benefício a curto, médio e longo prazo para os tocantinenses. O Projeto Rondon prioriza desenvolver ações que tragam benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira. 


 

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

RESULTADO DO ENEM 2016

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado nesta quarta-feira, 18, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação. Os candidatos terão acesso às notas de cada uma das quatro provas – ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática – e da redação, que teve como tema a intolerância religiosa no Brasil.
Mais de 6 milhões de candidatos fizeram o Enem 2016. Destes, 5,8 milhões realizaram as provas na primeira edição, nos dias 5 e 6 de novembro, e 273 mil na segunda edição, que ocorreu em 3 e 4 de dezembro. Outros 53 mil participaram do exame em 13 e 14 de dezembro, datas voltadas para as pessoas privadas de liberdade.  
As notas do Enem podem ser usadas para disputar vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu), bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ainda, os candidatos com mais de 18 anos podem usar o Enem para receber a certificação do ensino médio.
Coletiva – O ministro da Educação, Mendonça Filho, e a presidente do Inep, Maria Inês Fini, vão divulgar os resultados do Enem 2016 em uma coletiva de imprensa, nesta quarta-feira, 18. Neste dia também será anunciada a abertura da consulta pública sobre as mudanças propostas para o Enem 2017.


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Escolas da regional de Paraíso realizam planejamento para o ano letivo de 2017




Com calorosas recepções aos educadores, escolas da Regional de Ensino de Paraíso estão em plena atividade, de 16 a 20 de janeiro, realizando formações, avaliando, analisando e contribuindo com a construção dos conteúdos a serem aplicados durante o ano letivo de 2017. A Seduc, traz uma nova proposta curricular, amplamente estudada e discutida, com parâmetros pré-definidos para que se aplique metodologias voltadas para o ensino aprendizagem. Cada professor recebeu uma minuta com todos conteúdos a serem trabalhado. Durante a semana, professores participarão da elaboração das provas diagnósticas que serão aplicadas nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro, com o objetivo de detectar as reais  necessidades de aprendizagem dos alunos e planejar intervenções pedagógicas. Com ampla aceitação por parte dos educadores, a nova proposta vem de encontro aos anseios de todos, que buscam melhorar os índices avaliativos. Segundo a Professora Joana Dark Braga, " A semana pedagógica está muito produtiva. Quanto à nova proposta, com certeza era irá melhor direcionar o ensino aprendizado, pois apesar de estar dentro do que era aplicado, é muito mais sucinta, direcionada. A questão das atividades avaliativas abre um novo leque para intervenções durante a aplicação dos conteúdos.” Joana Dark é professora de Ciências da Escola de Tempo Integral Trajano Coelho Neto.  Técnicos da DRE acompanham as formações na semana pedagógica, que abre oficialmente o ano letivo de 2017.